fbpx
Qual é o seu lugar no mundo?
Em 18 de março de 2019

Preguiça de acordar cedo, sair da cama e trabalhar, ainda mais se for uma segunda-feira: parabéns, isso significa apenas que você – e eu – somos seres humanos e não robôs. Essa dificuldade não é nenhuma novidade. Dois mil anos atrás um dos maiores imperadores romanos, Marco Aurélio, também tinha essa mesma dificuldade. Olha o que ele escreveu em suas meditações para se automotivar:

“Nas manhãs em que você lutar para se levantar, mantenha este pensamento em mente: eu sou despertado para o trabalho de um ser humano. Por que, então, eu estou perturbado com o fato de que irei fazer aquilo que fui feito para fazer, as coisas para as quais fui colocado neste mundo?”.

O desejo de ficar embaixo das cobertas e deixar o mundo acontecer lá fora era sedutora, mas Marco Aurélio se deu conta de que ficar cinco minutos a mais na cama em nada ajudaria a ele na sua missão, que não era nada modesta, convenhamos – governar o império romano. Ele e outros filósofos acreditavam que, se as plantas, os pássaros, as formigas e abelhas tinham um propósito de existir na natureza, com o ser humano não seria diferente.

Por menor que uma tarefa possa parecer individualmente, ela é indispensável para o equilíbrio e a continuidade de um sistema muito maior. Ou seja, cada um tem algo a oferecer ao mundo para que ele continue girando – isso se você sair da cama.

Um dos valores que temos aqui na Belas Letras é “faz tua vida valer a pena”. Isso quer dizer mais ou menos o seguinte: acorda com a tua missão na mente e vai lá e faz com energia. As coisas que você gosta e as que não gosta. O que tiver que fazer, faz com amor. Teu melhor dia é hoje. Porque 99% das coisas que você faz são trabalho duro. Tudo dá trabalho fazer. A diferença é quem faz com paixão e quem não faz com paixão.

A gente acredita em uma outra coisa além disso: que cada pessoa tem não apenas um propósito, mas principalmente que ela pode melhorar aquilo que ela faz todos os dias. E como isso acontece? CRI-A-TI-VI-DA-DE! Só com uma missão na mente e com criatividade a gente consegue transformar uma segunda-feira embaixo das cobertas escondido do mundo em uma semana em que você pode mudar um pouquinho esse mesmo mundo e, mais legal ainda, se abrir para novas experiências e desafios. E isso faz toda a diferença, porque você termina a semana melhor do que começou.

Qual é seu lugar no mundo? Estamos criando uma campanha para inspirar outras pessoas a fazer a diferença, encontrar o seu lugar no mundo e transformar sua vida. Se você já sabe o seu, responde aqui nos comentários ou posta uma foto com a hashtag #segundadacriatividade. Se ainda não sabe, O poder do tempo livre, do Luciano Braga, e o Vai Lá e Faz, do Tiago Mattos, podem te trazer insights importantes.

 

Gustavo Guertler não é filósofo, não é psicólogo, não é coach também. E grande parte da ideia desse texto ele pegou do Coffee Break no Medium. Ele é CEO da Belas Letras e seu lugar no mundo é trazer conteúdo para tentar inspirar as pessoas.

Mais notícias